Ads 468x60px

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Casal é preso por tráfico de drogas no bairro Alvorada

No final da tarde deste domingo (27) uma equipe RPA após receber denúncias anônimas de populares relatando que na Rua Princesa Isabel, em uma casa de cor verde estaria sem morador, onde a pessoa de alcunha “Gil”, estaria escondendo entorpecentes tipo crack e maconha em seu interior e os comercializando em frente ao Bar 48, no bairro Alvorada.


Em consulta ao núcleo de inteligência do 3º BPM foi constatado que existe um boletim de tráfico no local envolvendo a pessoa descrita, bem como três denúncias via 181, um na residência, um na via pública e outro na residência que reside a mãe da convivente de denunciado.

A equipe realizou acompanhamento onde visualizou o suspeito e sua convivente saindo da residência descrita na denúncia, momento em que foram adentrar ao portão do pátio da residência da mãe da suspeita. Gil foi abordado pela equipe policial, e sua convivente seguiu para o interior da residência. Em revista pessoal foram localizadas sete buchas de maconha envoltas em plástico de cor branca, pesando aproximadamente 10,5 gramas; cinco pedras de crack envoltos em papel alumínio pesando aproximadamente 2,3 gramas e a importância de R$ 157,00.

Foi deslocado à residência que o casal havia saído e visualizado a porta entreaberta, que foi solicitado à presença do morador, porém foi constatado com vizinhos que a mesma não estava habitada. Os PM´s localizaram em um dos cômodos sobre uma mesa improvisada de tábuas, dois pedaços de maconha pesando aproximadamente 407 gramas, mais um recipiente de plástico contendo  34 buchas de maconha envoltos em plástico de cor branca, semelhante às buchas localizadas com “Gil”, pesando aproximadamente 62,7 gramas; pedaços de sacola plástica picotados de cor branca; um prato e duas facas utilizados no fracionamento dos entorpecentes.

Foi solicitado apoio do grupo de operações com cães do 3º BPM, equipe RPA e CPU, onde o cão de faro de entorpecentes Thor localizou no interior de um fogão a gás um recipiente de lata de cor preta 44 pedras de crack pesando aproximadamente 17,6 gramas. Ainda, foram encontradas duas folhas de papel com diversos nomes e telefones anotados.Foi localizado também uma planta de maconha em um recipiente com terra, um aparelho celular e um aparelho de DVD.


Em ato contínuo foi deslocado até a residência da mãe da convivente de Gil, onde em contato com a proprietária, foi repassado os fatos narrados acima referentes a denúncia e solicitado autorização para realizar buscas domiciliares.Em buscas na residência com o cão Thor localizou no bolso de uma calça jeans duas buchas de maconha envoltos em plástico transparente pesando aproximadamente quatro gramas e a importância de R$ 80,00. No quarto da suspeita o cão localizou mais um bucha de  maconha.

0 comentários:

Postar um comentário

 
© VEJA PATO BRANCO - O Site Da Nossa Terra - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Rede Tech Informática.

Exibir mapa ampliado