Ads 468x60px

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Atletas do vôlei pato-branquense assistem a jogos da Liga Mundial

Na quarta-feira, dia 05, atletas das categorias de base e dos projetos sociais de voleibol, realizados pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Pato Branco, estiveram em Curitiba para assistir a fase final dos jogos da Liga Mundial de Vôlei. A viagem foi possível em virtude da parceria entre o Município, Secretaria do Esporte e do Turismo do Paraná e a Federação Paranaense de Voleibol, que ofertou as cortesias para que 40 crianças e adolescentes acompanhassem as disputas de Rússia X Canadá e Sérvia X Estados Unidos.


O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, cumpria agenda em Curitiba e esteve com os atletas na Arena da Baixada, estádio do Atlético Paranaense. Na oportunidade, ele afirmou que o incentivo ao esporte é fundamental e que momentos como este, onde os jovens atletas puderam vivenciar de perto grandes nomes do esporte internacional, estimulam ainda mais os novos talentos.

“A participação das equipes em momentos do gênero é sempre muito importante, principalmente em jogos dessa magnitude. O Município deve sempre apoiar o esporte como opção de lazer, qualidade de vida, inclusão social e enquanto perspectiva de uma futura carreira profissional, o que refletirá no futuro dessas crianças”, disse Zucchi. O grupo pato-branquense foi formado por 46 pessoas, entre atletas, professores e equipe de apoio.

O presidente em exercício da Federação Paranaense de Voleibol (FPV), Jandrey Vicentin, foi quem oportunizou a ida dos jovens, com a oferta dos ingressos de forma gratuita. Ele explicou que o intuito é fomentar a prática esportiva. “O objetivo da Federação é oportunizar que esses jovens tenham contato com a principal competição de voleibol que há no ano, que é a Liga Mundial. A presença deles aqui, em Curitiba, visualizando a estrutura montada, acompanhando quatro, das seis melhores seleções do planeta, numa competição muito bem organizada, com todas as regras oficiais, é uma experiência que incentiva a prática”, afirmou Jandrey.

Desde o início do ano, Sara Carolina Kurbel Rossatto, 10 anos e aluna da Escola Municipal do Bairro Planalto (CAIC), frequenta as aulas de vôlei do projeto da Secretaria de Esporte e Lazer, que são realizadas pertinho da sua casa. Ela contou que nunca havia estado em Curitiba e que ficou feliz com a oportunidade. “Eu achei tudo maravilhoso, os lugares que conhecemos, os jogos que assistimos. Deu ainda mais vontade de continuar jogando”, disse.

Para Débora Soares, 13 anos e estudante no Colégio Estadual de Pato Branco (Premen), a visita serviu como motivação. “Eu já jogo há três anos e adoro. Assistir a competição foi muito bom, ver de perto como tudo é organizado e o nível dos jogadores me fez querer continuar a treinar e, quem sabe, futuramente, também ser uma grande jogadora e participar de competições desse nível, representando a minha cidade”, disse Débora.

Lucas Morgan, 19 anos, é acadêmico do segundo ano do curso de Educação Física. Segundo ele, foi a prática do vôlei que o motivou a optar pela graduação na área. “Eu jogo há mais de 10 anos, inclusive representando Pato Branco nos Jogos Abertos da Paraná (JAPS) e isso me fez escolher a Educação Física. Acredito que a visita oportunizou uma vivência para as crianças e jovens que estão praticando o esporte, motivando-os a se dedicarem com mais intensidade”, ressaltou. 

Como a maioria dos atletas não conhecia a capital paranaense, durante a manhã de quarta-feira (05/07), aconteceu um roteiro, em que o grupo visitou o Museu Oscar Niemeyer, o Palácio Iguaçu, a Assembleia Legislativa, além de alguns pontos turísticos, como o Jardim Botânico e o Parque Tanguá. Após o almoço, seguiram para a Arena da Baixada, estádio do Atlético Paranaense. O local, com capacidade para 30 mil pessoas, foi totalmente adaptado para receber os jogos de vôlei, com a montagem da quadra e arquibancadas no meio do gramado.

Voleibol no dia a dia de Pato Branco
Milhares de pessoas participam, mensalmente, das atividades desenvolvidas nos Centros de Desenvolvimento Esportivo e Lazer (CEDELs), projeto da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Pato Branco, que conta com profissionais qualificados e oferece aulas gratuitas nos bairros da cidade, para todas as idades, sendo o vôlei uma das práticas ofertadas.

No total, são onze oficinas, de diversas modalidades esportivas, realizadas em oito bairros de Pato Branco. Como resultado, mais de 700 pessoas participam das atividades mensalmente. “Estamos tornando a prática esportiva cada vez mais presente no dia a dia da população.Isso representa saúde e qualidade de vida, para todas as faixas etárias. No caso do vôlei, a modalidade tem ganhado cada vez mais destaque. Por isso, com a revitalização do campo do Largo da Liberdade, que dará lugar a três quadras sintéticas moduladas, também haverá novos espaços para o vôlei”, destacou o secretário municipal de Esporte e Lazer, Paulo Stefani, lembrando que o campo do largo também poderá ser usado para a prática de futebol de campo.

Mais informações sobre as aulas de vôlei ou sobre as outras oficinas e atividades ofertadas pelo Município, basta entrar em contato com a Secretaria de Esporte e Lazer, junto ao Largo da Liberdade, pelos telefones 3220-6087 e 3220-6088.

Texto e foto: Assessoria

0 comentários:

Postar um comentário

 
© VEJA PATO BRANCO - O Site Da Nossa Terra - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Rede Tech Informática.

Exibir mapa ampliado