Ads 468x60px

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Município e ONGs promovem nova feira de adoção de cães e gatos neste sábado, dia 24

Neste sábado, dia 24, o Município de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizará a 13ª Feira de Adoção de Cães e Gatos. Nesta edição, 60 animais estarão na feira, esperando por um novo lar. A iniciativa conta com a parceria das ONGs Anjos Protetores, É o Bicho e Associação Lima de Proteção aos Animais (ALPAPB). A feira será das 08h30 às 12h30, na rua Goianazes, atrás do Pavilhão São Pedro, no acesso à feira do produtor.


Os animais foram resgatados das ruas ou de situações de risco e, atualmente, são acolhidos pelas entidades envolvidas na feira. Após adotados, eles serão castrados e chipados, gratuitamente, pelo Programa Municipal de Controle Populacional de Animais de Rua, que desde 2014 atendeu 1100 cães e gatos com o procedimento cirúrgico – a iniciativa conta com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente e do Município.
As feiras iniciaram em 2014 e, desde então, oportunizaram a adoção de 520 animais em Pato Branco. De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Nelson Bertani, a iniciativa se tornou um hábito na cidade, com edições mensais, o que demonstra a conscientização dos pato-branquenses, que estão optando pela adoção.

“A participação da população está cada vez mais expressiva. Isso reflete não somente na adoção, mas também no cuidado diário com os animais, uma vez que trabalhamos em parceria com a Polícia Militar e Polícia Civil, atendendo casos de maus tratos e abandono”, destaca Bertani.

A Prefeitura de Pato Branco está realizando a campanha educativa “Quem ama cuida”, que contempla diversas áreas ligadas à administração pública e à cidadania, inclusive ao bem-estar animal. Presente nas redes sociais e no site do Município (http://www.patobranco.pr.gov.br), o material também foi divulgado na imprensa local, distribuído a ONGs da cidade, bem como à comunidade, e traz o seguinte alerta: de acordo com a Lei Federal 9605/98, quem abandona ou maltrata um animal, está cometendo crime e pode ser penalizado por isso.

“A ideia é mostrar à comunidade que a adoção, além de uma grande atitude, é um ato de cidadania. Além disso, queremos envolver a sociedade, cada vez mais, para que todos tornem-se fiscalizadores e denunciem toda vez que presenciarem atos de abandono ou maus-tratos, não somente a cães e gatos, mas a todo e qualquer animal”, enfatiza Bertani.

Para fazer a adoção é necessário ter mais de 18 anos, apresentar RG, CPF, comprovante de residência e preencher o termo de adoção que será fornecido na feira. Mais informações sobre as feiras de adoção ou sobre o Programa Municipal de Controle Populacional de Animais de Rua, basta entrar em contato com a Secretaria de Meio Ambiente, junto a Prefeitura, pelo 3220-1505.

Texto e foto: Assessoria

0 comentários:

Postar um comentário

 
© VEJA PATO BRANCO - O Site Da Nossa Terra - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Rede Tech Informática.

Exibir mapa ampliado