Ads 468x60px

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Tributo a Belchior em Pato Branco terá apresentações de dez artistas

Nesta quinta-feira, o cantor Belchior, 4, será homenageado em Pato Branco, através de um tributo que será realizado no Avenida Bombar, a partir das 22h. A entrada é livre. Entre as atrações, Sr. Oilson e Edinho e mais nove artistas convidados.

Oilson tem mais de 25 anos de carreira, é bastante conhecido na região central do Estado, principalmente em Guarapuava. Há quatro anos, ele passou a se apresentar junto com o filho multi-instrumentista, de 11 anos.


O tributo terá ainda as participações especiais dos músicos Kellyn Regina, Ingrid Gabrieli Hoelscher, Tiago Molinete e Roger Rossoni, Marite Ruwer, Marcos Pohl e Hyago Acco de Melo, dj Hanson e dj Daniel Miranda, entre outros.

Além das apresentações musicais, o evento terá distribuição de brindes e outras surpresas, segundo o produtor e organizador Eduardo Matysiak. Haverá, ainda, a apresentação de curiosidades sobre o artista, por Eduardo Balbinoti, e declamação de poemas.

Segundo o organizador, a ideia surgiu como uma forma de homenagear o artista, e acompanha os movimentos que estão ocorrendo em todo o Brasil de tributo a Belchior. “Belchior é um dos maiores compositores da música nacional, com suas canções sinceras, que retratam as angústias da vida de maneira poética e cativante. Por isso, é necessário fazermos esse resgate. Temos certeza que em Pato Branco há muitos fãs do artista”.

Sr. Oilson afirma que Belchior é um dos mais revolucionários compositores da música brasileira. “Obrigado Belchior por ter enriquecido meu repertório e de tantos outros músicos que apreciam a boa música. Será uma grande honra tocar em Pato Branco para homenagear esse grande mestre”.

Matysiak lembra que o tributo a Belchior está inserido dentro do projeto Quinta Brasilis, que tem como concepção valorizar a música nacional, com a apresentação de artistas locais.

O produtor agradece às empresas apoiadoras e destaca a importância de valorizar a cultura. “Foi em cima da hora e uma correria danada para conseguir organizar o evento. Pois ninguém esperava que Belchior viesse a falecer de repente. O que queremos é contribuir para manter a obra dele viva”.

Informações através do evento criado no Facebook ou pelo celular (42) 99822-0153.

Belchior
O cantor e compositor Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes, conhecido como Belchior, morreu na madrugada do último domingo (30), aos 70 anos, no Rio Grande do Sul.

Belchior é lembrado não só por suas canções “que de uma forma ou de outra estão no coração e na cabeça de muita gente”, como gostava de ressaltar nas entrevistas, mas também por sua ausência dos palcos, das rádios e da mídia em geral.
Um dos ícones da MPB, Belchior, natural de Sobral, no Ceará, é autor de sucessos como Medo de Avião, Apenas um Rapaz Latino-Americano e Como Nossos Pais.

O artista deixou de fazer shows entre 2007 e 2008, e sua última entrevista para um veículo de imprensa foi concedida em 2009. Desde então, não se teve mais notícias do artista e a pergunta “Onde está Belchior?” ecoou em diferentes cantos do país, verbalmente ou escrita em muros e páginas nas mídias sociais, geralmente acompanhada da silhueta característica do músico.

Texto e foto: Assessoria

0 comentários:

Postar um comentário

 
© VEJA PATO BRANCO - O Site Da Nossa Terra - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Rede Tech Informática.

Exibir mapa ampliado