Ads 468x60px

terça-feira, 4 de abril de 2017

Município oferta curso de panificação para participantes do projeto Ser Mulher

Na tarde de sexta-feira, dia 31, o Município de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e em parceria com a Faculdade Pato Branco (Fadep), iniciou o curso de panificação. A atividade, que faz parte do Projeto Ser Mulher, está atendendo 22 mulheres dos bairros Planalto e Bela Vista.
O Município é responsável pelo transporte e pela compra dos materiais utilizados, já a Fadep cede o espaço, os instrutores, bem como a certificação. A duração do curso é de três meses.


A secretária municipal de Assistência Social, Anne Cristine Gomes da Silva, agradeceu a disponibilidade e parceria da Fadep. “A maior beneficiada com esses cursos e oficinas é a nossa comunidade, que aprende algo novo. Por isso é muito importante contarmos com esse tipo de parceria, pois a instituição de ensino se envolve no crescimento e no desenvolvimento social das participantes”, ressaltou Anne.

A secretária explica que, em paralelo aos ensinamentos sobre panificação, serão trabalhados outros assuntos. “Além de qualificarmos para o mercado de trabalho, queremos abordar outras temáticas, como convívio comunitário e trabalho em grupo. O fortalecimento de vínculos também é algo que nos motiva ao disponibilizarmos os cursos”, pontuou Anne.   

Para a coordenadora dos cursos de Gastronomia e de Nutrição da Fadep, Flávia Gnoatto, o curso de panificação cumpre com um dos principais objetivos do Ensino Superior, o de promover ações junto à comunidade. “Nossa responsabilidade social enquanto instituição e cidadãos, é fazermos parte da disseminação e construção do conhecimento. A inserção nos projetos da região é uma troca muito válida para os acadêmicos e para a comunidade”, afirmou a coordenadora.

Para Salete Aparecida Padilha, moradora do bairro Bela Vista, o curso é uma oportunidade. “Eu nunca fiz nada parecido e estou muito feliz em participar. Quero aprender a fazer tudo o que for ensinado, com muita qualidade e, futuramente, quem sabe até vender os produtos e ter uma fonte de renda alternativa”, planeja Salete.

Já Maria Deparis, do bairro Planalto, tem outro objetivo. “Eu quero aprender a fazer algo diferente para minha família, fazer comidas gostosas e surpreender a todos. Também pretendo repassar o que aprender aos meus amigos do bairro e a quem mais se interessar”, contou Maria.

Projeto Ser Mulher

A Prefeitura de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, desenvolve o projeto “Ser Mulher”, que conta hoje com cerca de 500 participantes, nos seguintes cursos e oficinas: salão social I; salão social II; costura básica; costura avançada; costura com recicláveis para haitianas; costura artesanal; costura artesanal II; artesanato, customização e reciclagem; flores em E.V.A; pintura em tecido; caixinhas artesanais; pintura e decoração em vidro; tapete de estopa; bordado em chinelo; tricô e crochê; quadros em crochê; mosaico; defesa pessoal para mulheres; organização do lar; confecção de geléias; confecção de sabão; panificação; e informática.

Para mais informações, basta ir até a Secretaria de Assistência Social, na rua Teófilo Augusto Loiola, bairro Sambugaro, ou através do telefone (46) 3225-5544.

Texto e foto: Assessoria

0 comentários:

Postar um comentário

 
© VEJA PATO BRANCO - O Site Da Nossa Terra - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Rede Tech Informática.

Exibir mapa ampliado