Ads 468x60px

sábado, 22 de abril de 2017

Construção de Pequena Central Hidrelétrica preocupa Sanepar e vereadores

Os vereadores estão preocupados com a possibilidade da construção de uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH) no Rio Conrado, Comunidade de Linha Damasceno. Por meio de requerimento, o vereador Claudemir Zanco, Biruba (PDT), pediu informação se há um estudo de impacto ambiental, com relação ao abastecimento de água à comunidade pato-branquense. Na hipótese de negativa, o vereador encaminhou pedido para que o estudo venha a ser efetivo. As informações estão sendo obtidas junto ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Em reunião com a gerência geral do Sudoeste da Sanepar, Renato Mayer Bueno, ele antecipou preocupação com a implantação da usina, que poderá prejudicar o abastecimento, principalmente em época de estiagem, isto é, poderá reduzir a vazão de água no sistema de captação que opera no Rio Pato Branco.
O gerente da regional da Sanepar, Aderbal Roncatto, explica que a Sanepar não tem poderes para aprovar ou desaprovar a implantação da usina, mas é necessário assegurar que o empreendimento não prejudique no futuro o abastecimento público.
“A preocupação é com as novas gerações, é um assunto sério”, registra Aderbal, que, inclusive, está envolvendo os vereadores. A implantação está na fase de levantamento, de projetos, mas, a ser ver, é preciso se antecipar. Ele lembrou que há alguns anos (1996 e 2003) foram registradas longas estiagens e geraram uma redução sensível da vazão. A captação que é feita no Rio Pato Branco registra um consumo médio de 700 metros cúbicos por hora.
Autor: Ubiracy Jose Tesseroli
Foto: Assessoria

0 comentários:

Postar um comentário

 
© VEJA PATO BRANCO - O Site Da Nossa Terra - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Rede Tech Informática.

Exibir mapa ampliado