Ads 468x60px

sábado, 4 de março de 2017

Procon vai investigar preço do gás de cozinha em Pato Branco

A Coordenadoria Municipal de Proteção de Defesa do Consumidor (Procon) participou da reunião dos vereadores na sede do Legislativo. O tema central foi à questão do preço do gás de cozinha. A coordenadora do órgão Alessandra Botelho Elias dos Santos, esclareceu que o Procon está atento e atua através de denúncias formalizadas junto ao órgão.

Segundo a coordenadora, devido essa variação de preços, de valores, o Procon vai desencadear uma investigação, justamente porque o consumidor tem direito à informação, para que as distribuidoras justifiquem os valores, que, a seu ver, estão bem diferentes na comparação com outras cidades. Já em relação aos preços, no Brasil existe tabelamento de preços, por exemplo, dos cigarros e remédios. O valor do preço do gás está na linha de preços sugeridos, que é uma sugestão.
“Não existe uma legislação específica que regulamente esse setor {gás)”, diante desse quadro, o Procon passará a investigar o segmento. Uma das linhas de trabalho é apurar se existe cartel, e através de notas fiscais avaliar o preço de origem e o final. A princípio, a existência de cartel, observa a coordenadora, não tem predominância, os preços são diferentes de uma empresa para outra. Todas as informações geradas pela investigação serão remetidas à Câmara de Vereadores.

O presidente da Câmara, vereador Carlinho Polazzo (Pros), lembrou que o Legislativo não tem legitimidade para legislar sobre a questão de valores, do preço do gás, pois é uma relação de consumo, de mercado, e quem dita os preços é o próprio mercado. Na reunião, segundo o presidente, foram repassadas as denúncias de consumidores, e ver quais as medidas que o órgão vai adotar e, segundo a coordenadora do Procon, ela vai iniciar uma investigação. “A Câmara recepcionou a reclamação da comunidade e chamou o órgão responsável pela fiscalização. O Procon esteve na Casa e, portanto, vai começar a investigar”, salienta o presidente, lembrando que, a partir de hoje, o preço do gás passa ser investigando oficialmente pelo órgão, não vamos fazer julgamento precipitado, o que nós temos de responder à sociedade é que a Câmara tomou providências. Autor: Ubiracy Jose Tesseroli

0 comentários:

Postar um comentário

 
© VEJA PATO BRANCO - O Site Da Nossa Terra - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Rede Tech Informática.

Exibir mapa ampliado