Ads 468x60px

sexta-feira, 3 de março de 2017

Em Pato Branco, mutirões e ações de combate à dengue acontecerão também aos sábados

Nos meses de março e abril deste ano, os agentes de combate a endemias que atuam na Vigilância Ambiental do Município de Pato Branco, terão escalas especiais de trabalho. Nesse período, as ações nos bairros e visitas domiciliares ocorrerão de terças-feiras a sábados, visando vistoriar maior número de residências. A medida oportunizará a realização de novos mutirões nas manhãs e tardes de sábados, bem como a intensificação do trabalho de combate e prevenção à proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.


A medida foi oficializada pelo decreto no 8.104, de 22 de fevereiro de 2017. A necessidade de oportunizar o atendimento em horários diferenciados, principalmente a realização das visitas domiciliares, atende um estudo feito pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio do trabalho desempenhado pelos agentes de combate a endemias. Os profissionais constataram que, ao menos 50% dos lares visitados, encontram-se fechados entre segundas e sextas-feiras, condição que estava impossibilitando as vistorias e a identificação de eventuais focos do mosquito.

A ideia é que, ao realizar as ações durante os sábados, o acesso aos domicílios seja maior. “O Ministério da Saúde orientou que os municípios viabilizassem estratégias para potencializar as ações, o que já vem de encontro ao nosso planejamento. Assim, em concordância com a equipe da Vigilância Ambiental, buscamos essa alternativa”, pontua a secretária municipal de Saúde, Antonieta Chioquetta.

Apesar da dificuldade encontrada atualmente para vistoriar boa parte das residências, o trabalho permanente desenvolvido pelo Município tem garantido, nos últimos anos, a baixa incidência da proliferação do mosquito Aedes aegypti na cidade, bem como dos casos de Dengue. Contudo, conforme lembra Antonieta, o trabalho deve permanecer intensificado.

“Em virtude do clima seco e das constantes chuvas de verão, os meses de março e abril são mais propensos para a proliferação do Aedes aegypti. Por isso, contamos com a colaboração da população e pedimos para que os moradores nos atendam, recebendo os agentes em suas casas. Precisamos dessa parceria com a comunidade, para manter a nossa cidade livre do mosquito e dos vírus que ele transmite”, ressalta a secretária.

O primeiro mutirão realizado a partir das novas escalas de trabalho, acontecerá neste sábado, dia 04, das 07h30 às 11h30 e das 13h às 17h, atendendo, prioritariamente, a extensão da avenida Tupi, sentido à região Sul da cidade.

Texto e foto: Assessoria

0 comentários:

Postar um comentário

 
© VEJA PATO BRANCO - O Site Da Nossa Terra - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Rede Tech Informática.

Exibir mapa ampliado