Ads 468x60px

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Patobranquense Sandro Pallaoro entre as vítimas do acidente com time da Chapecoense

Foto: Divulgação/Internet
Uma chocante notícia abalou o mundo nesta terça-feira (29).  O avião que transportava a delegação do clube de futebol Chapecoense sofreu um acidente na noite da segunda-feira (28) quando chegava próximo ao aeroporto José María Córdova, na cidade de Medellín, na Colômbia.

A aeronave, da companhia boliviana LAMIA, transportava 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros entre membros da equipe e jornalistas, e nove membros da tripulação. As primeiras informações dão conta apenas seis sobreviventes.


O avião deveria ter pousado em Medellín às 21h33 (0h33 pelo horário de Brasília), mas perdeu contato com a torre de controle quando sobrevoava o município de La Ceja. A aeronave havia feito escala no aeroporto de Viru Viru, em Santa Cruz (Bolívia), relatou falhas elétricas, segundo o primeiro comunicado do aeroporto de MedellínO aeroporto Córdova, que havia anunciado inicialmente o desaparecimento da aeronave, informou que o lugar do acidente só pode ser acessado por via terrestre por causa das condições climáticas.

A equipe da Associação Chapecoenese de Futebol, de Chapecó (SC), viajava a Medellín para disputar nesta quarta-feira o jogo de ida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

Entre as vítimas o patobranquese Sandro Luiz Pallaoro, 50 anos, presidente da diretoria executiva Associação Chapecoense de Futebol.

Sandro começou a trabalhar em empresas da família aos 14 anos de idade. Em 1994 assumiu a Cantu Alimentos, em Chapecó, e assim começou a história com o oeste catarinense. Apaixonado por futebol tinha o sonho de ser um jogador.  Foi esse sentimento que aproximou Pallaoro da Associação Chapecoense de Futebol e em 2008 aceitou o convite para presidir o clube. 


Entre os 72 passageiros, além dos 22 jogadores, havia 18 membros da comissão técnica, oito da diretoria, três convidados. Dos atletas, sobreviveram os goleiros Danilo e Jackson Follmann, o lateral Alan Ruschel e o zagueiro Neto.

0 comentários:

Postar um comentário

 
© VEJA PATO BRANCO - O Site Da Nossa Terra - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Rede Tech Informática.

Exibir mapa ampliado